Aline Bei lança o romance ‘O peso do pássaro morto’ em São Paulo; leia um trecho da obra e entrevista com a autora

“dirigir pra longe com janela aberta é uma espécie de voo apesar das rodas, apesar do chão”. (p.87) As Editoras Nós e Edith, firmes na aposta de abrir novas veredas na literatura contemporânea, lançam O peso do pássaro morto, romance de estreia de Aline Bei, nesta sexta-feira (15), às 19h, na Livraria da Vila. A…

Aline Bei: vinte e quatro de dezembro

  achei uma tela no armário da lavanderia. minha mãe deve ter comprado naquela época que ela começou a se interessar por Pintura, depois desistiu. não é pra mim, ela me dizia chorosa. não é pra mim. a tela tinha amarelado nas bordas os dias passando sem pausa maltratam devagar todas as coisas que existem…

Aline Bei: eu sentada, ele de pé

estava num restaurante. pedi meu suco de sempre e o garçom, nos conhecíamos de todas as vezes que eu ia pra esse lugar e não eram poucas, já falávamos das nossas famílias abertamente, ele que deixou a esposa e os cinco filhos no interior de minas, esperando. lá não tem emprego, ele costumava me dizer.…