CAVIAR COM COCAÍNA – “Bicuda: a saga”

Tudo começou numa quinta qualquer. Me lembro bem que nessa mesma quinta-feira da qual falo, eu ainda era uma pessoa apresentável, comunicativa, sociável. E porque não dizer, Cheirosa. Mas não foi bem assim que a historia acabou. Não foi mesmo. Quinta-feira, fim do expediente, meus colegas se reúnem para o happy-hour de sempre. Todo mundo…