Moçambique: a independência política e literária

Moçambique “[…] – Já caiu alguém dos andaimes? O pausado ronronar Dos motores a óleos pesados E a tranqüila resposta do senhor empreiteiro: – Ninguém. Só dois pretos” (“Ninguém”, Obra Poética I, Craveirinha). A arte, passo a passo com a sociedade, tem o poder de esclarecer e modificar contextos. É por isso que ela é…